Carta de São João da Cruz a um carmelita descalço, seu filho espiritual

Um contraste entre fé e sentidos na busca da santidade

Esta direção espiritual de São João da Cruz nos é de muita valia se, ao perseverarmos nas práticas de piedade, não sentimos nada (nem um arrepio, frio na barriga, ou êxtase sequer), ou também se, enebriados pelos sentidos, sempre estamos a sentir alguma coisa, que nos mascara a devida piedade às coisas celestes; isto é, se estamos sempre a tentar encontrar a resposta de Deus às nossas orações através de nosso mundo sensível. São João da Cruz indica-nos o verdadeiro caminho, através de uma fé cega, “vazia e desapropriada de todo bocado de apetite”. Medite esta epístola como se fosse você mesmo o destinatário. Continue Lendo “Carta de São João da Cruz a um carmelita descalço, seu filho espiritual”